Linha de Tempo dos Reinos de Ferro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Linha de Tempo dos Reinos de Ferro

Mensagem por (GM) PJ.Disouza em Sab Set 26, 2009 1:35 am

Era Pré-Histórica (ou Era das Velhas Raças)

c. 10.000 A.R.
Todas as tribos élfi cas unem-se no Império de Lyoss (no leste distante, além das Planícies da Pedra Sangrenta).

c. 8500 A.R.
Início do Conflito das Eras entre os anões.

c. 8200 A.R.
Fim do Conflito das Eras. Os Senhores das Pedras se estabelecem em Ghord.

c. 7500 A.R.
O Debate Anão, composto das Cem Casas em Ghord, é formado. Os anões
recebem o conhecimento da magia arcana de seus deuses, com regras estritas a respeito de seu uso.

c. 6500 A.R.
O Cânone da Verdadeira Lei é descoberto nas ruínas de Icthier, por tribos de
humanos nômades. Começa o culto a Menoth.

c. 6000 A.R.
Muitas tribos humanas nômades começam a se estabelecer em comunidades agrícolas, ao redor da Antiga Icthier. Cinot supostamente ensina a agricultura às primeiras tribos.

c. 5500 A.R.
Os sacerdotes menitas Belcor e Geth lideram o Êxodo para o norte, saindo da Antiga Icthier, em busca de terras mais férteis.

c. 4800 A.R.
Os humanos começam a se estabelecer perto do Rio Negro, no Vale de Morrdh.

c. 4250 A.R.
Os elfos começam a construir a mística Ponte dos Mundos, para ligar Caen à Savana.

c. 4000 A.R.
A Ponte dos Mundos é completada, e os deuses élfi cos vêm a Caen. A ponte explode e destrói Lyoss.

c. 3900 A.R.
Shyrr é fundada, juntamente com outras grandes cidades em Ios.

c. 3700 A.R.
Tribos molgur dominam a maior parte de Immoren ocidental, e almejam controlar todas as terras.

c. 3500 A.R.
Os senhores de Morrdh unem as comunidades, criando o primeiro reino civilizado dos humanos. Morrdh começa a reclamar para si território molgur. Toruk cria sua prole dracônica.

Era dos Senhores da Guerra

c. 2800 A.R.
O sacerdote guerreiro Valent Thrace estabelece as Hostes de Calacia.

c. 2230 A.R.
Nasce o rei-sacerdote Golivant de Calacia.

c. 2200 A.R.
O rei-sacerdote Golivant expulsa as tribos molgur da Muralha da Serpente.
Nasce o rei-sacerdote Khardovic.

c. 2175 A.R.
O rei-sacerdote Golivant morre, e o reino se desfaz.

c. 2170 A.R.
O rei-sacerdote Khardovic funda o Reino de Khard.

c. 2050 A.R.
O Rei Golivant III reconquista Calacia, e batiza-a Caspia.

c. 2045 A.R.
Morre o rei-sacerdote Khardovic. Era das Mil Cidades (ou Era da Ascenção de Morrow)

c. 1930 A.R.
Nascem os Gêmeos, Morrow e Thamar.

c. 1900 A.R.
Os Gêmeos, Morrow e Thamar, ascendem após a marcha para Caspia. O Culto de Morrow começa a seespalhar.

c. 1880 A.R.
Sacerdotes menitas começam a Purifi cação.

1866 A.R.
Orellius I funda o Divinium, nas Montanhas da Muralha da Serpente.

c. 1850 A.R.
Rab Vinstra leva os midar para longe de Morrdh, e funda o Reino Midar.

c. 1690 A.R.
Tribos kossitas, skirov e khárdicas lutam por dominação regional.

c. 1670 A.R.
Uma praga castiga as tribos kossitas e skirov. Os khards capturam Molga, e batizam-na de Khardov.

1612 A.R.
Clãs humanos unem-se, estabelecendo Thuria. Os trollóides migram para o norte.

c. 1500 A.R.
O reino de Morrdh desintegra-se, devido a causas desconhecidas.

c. 1450 A.R.
Khardov, a maior cidade do norte, começa a dominar os territórios vizinhos, principalmente através da força das armas.

1421 A.R.
Sveynod Skelvoro declara-se o primeiro Imperador de Khard.

1415 A.R.
Começa a Guerra Khard-Kos.

1387 A.R.
Toruk mata e devora o athanc do dragão Gaulvang.

1382 A.R.
Kos rende-se aos khards, pondo fim à Guerra Khard-Kos.

1370 A.R.
Vários senhores da guerra aliados estabelecem a nação de Tordor.

1330 A.R.
Os senhores dos cavalos juntam-se ao Império Khárdico.

1322 A.R.
Começa a Conquista Tordorana de Thuria.

1313 A.R.
Tordor anexa Thuria, terminando a Coquista Tordorana.

1277 A.R.
A maior parte dos chefes skirov abandona a Devoradora, converte-se a Menoth e jura lealdade ao Império Khárdico.

1250 A.R.
O Primarca Lorichias é assassinado por Khorva, um perscrutador menita. A Ascendida Katrena surge e mata Khorva, em uma demonstração impressionante de poder. Ascensão da Prole Khorva.

1141 A.R.
O Império Khárdico ataca a Passagem do Inferno.

1118 A.R.
A Guerra da Passagem do Inferno termina, com os ogrun jurando lealdade soa governantes khárdicos.

1102 A.R.
Umbrey declara-se um principado independente do Império Khárdico.

1100 A.R.
Voldu Grova escreve os primeiros registros sobre alquimia, e refere-se a explosivos líquidos primitivos.

1073 A.R.
O reino de Rynyr se estabelece.

c. 1000 A.R.
Toruk é forçado por sua prole a sair do continente, e acaba nas Ilhas Scharde.

940 A.R.
A prensa com tipografia móvel é inventada pelo Reitor Janus Gilder.

840 A.R.
A Divina Corte deixa Ios, em busca de um meio de voltar à Savana.

838 A.R.
Aeric descobre Nyssor em um abismo gelado. Os Nyss se estabelecem no norte longínquo.

822 A.R.
O Longo Sol, uma seca prolongada, mata mais de um milhão de nativos immoreses.

821 A.R.
As Guerras dos Senhores dos Cavalos começam, entre os príncipes umbreanos e o Império Khárdico.

743 A.R.
Drago Salvoro cria o primeiro motor à vapor.

716 A.R.
Korska é conquistada, e os príncipes umbreanos juram fidelidade ao Império Khárdico, pondo fim às Guerras dos Senhores dos cavalos.

714 A.R.
Korska, agora chamada Velha Korska, torna-se a capital oriental do Império Khárdico. Khardov permanece como o principal centro de poder, como a capital ocidental.

712 A.R.
Os morrowanos transferem o centro de sua igreja do Divinium, nas Montanhas da Muralha da Serpente, para o recém fundado Sancteum, em Caspia.

c. 700 A.R.
O dragão Halfaug começa a aterrorizar o norte distante.

664 A.R.
O Império Khárdico atinge seu auge. Era da Ocupação Orgoth

600 A.R.
Os navios negros dos orgoth chegam a Immoren ocidental, e começam a conquista das Mil Cidades.

c. 600 A.R.
O Ciclo da saga dracônica é escrito.

593 A.R.
Tordor rende-se aos orgoth, depois que sua poderosa marinha é completamente destruída.

586 A.R.
Caspia ocidental cai completamente sob o domínio orgoth.

581 A.R.
A invasão orgoth detém-se, nas províncias do Império Khárdico.

569 A.R.
O Império Khárdico cai para os orgoth; Velha Korska é completamente destruída.

542 A.R.
Os exércitos orgoth conquistam Rynyr.

538 A.R.
Toruk destrói uma frota orgoth que rumava para as Ilhas Scharde.

433 A.R.
O Império Orgoth exerce poder absoluto sobre os reinos dos homens em Immoren ocidental.

370 A.R.
Segundo relatos, os orgoth matam um dragão de nome desconhecido, em Uld Vroggen. uma pedra multicoloria é roubado do dragão é colocado em um templo; dentro de um mês, a pedra se abre, e um dragão recém-nascido queima o templo.

c. 150 A.R.
Thamar negocia o dom da magia, e concede-o aos humanos.

140 A.R.
O Dilaceramento: quase todos os clérigos elfos perdem seu poder.

137 A.R.
A primeira pessoa immoresa com habilidades em feitiçaria é descoberta, em Tarna.

96 A.R.
Sebastien Kerwin, o Pai da Magia, divulga seu estudo dos princípios da magia arcana, intitulado Dissertações sobre a formulação taumatúrgica.

90 A.R.
Sebastien Kerwin escreve A essência da magia divina.

81 A.R.
Sebastien Kerwin toma outros magos como pupilos, e institui a Academia dos Arcanistas.

73 A.R.
Sebastien Kerwin escreve Principia arcana magus.

69 A.R.
Os orgoth cometem o Massacre do Vicariato; mais de quinhentos sacerdotes são assassinados.

67 A.R.
Sebastien Kerwin funda o Círculo do Juramento.

64 A.R.
Sebastien Kerwin teoriza sobre o acumulador arcanodinâmico e a placa rúnica em seu livro Síntese, o primeiro texto sobre mekânica.

63 A.R.
Os orgoth destroem a Academia dos Arcanistas. Sebastien Kerwin é dado como morto, mas seu corpo nunca é recuperado.

34 A.R.
Scyrah retorna a Shyrr, mas não revela o destino da Divina Corte.

25 A.R.
A Ordem do Crisol Dourado é fundada pelos sobreviventes do Círculo do Juramento.

Era da Rebelião

1 D.R.
Começando com a revolta em Fharin, a Rebelião é declarada contra os orgoth, pela Sociedade de Ferro.

7 D.R.
A Sociedade de Ferro é totalmente destruída pelos orgoth.

26 D.R.
Oliver Gulvont, um alquimista do Crisol Dourado, cria a primeira arma de fogo de mão.

32 D.R.
Os orgoth são temporariamente repelidos de boa parte de Tordor, após a Batalha dos Cem Magos.

40 D.R.
Orgoth recaptura Tordor, e executa todos os magos conhecidos.

c. 80 D.R.
Alquimistas do Crisol Dourado constroem os primeiros rifles com o mecanismo de disparo de fecho de agulha.

84 D.R.
Rynyr é libertado por revolucionários armados de rifles, batizados Exército do Trovão.

85 D.R.
O Exército do Trovão corta rotas de suprimentos orgoth em Terra-do-Meio e Merin.

86 D.R.
Exércitos orgoth reconquistam Rynyr, exceto por Leryn, chacinando o Exército do trovão e seus simpatizantes.

93 D.R.
O “rasga-pulmão” mata milhares em Rynyr, Tordor e Caspia, e é curado em parte pelo Ascendido Corben, antes de sua ascensão.

107 D.R.
Victor Baerd cria a primeira placa rúnica arcana, baseado nas teorias de Kerwin.

111 D.R.
A Ordem Fraternal de Magia é fundada.

147 D.R.
Os senhores dos cavalos umbreanos lideram exércitos de nômades e libertam Korsk e Rorschik.

160 D.R.
Formação da Aliança de Ferro.

177 D.R.
Elias Decklan reúne-se com o Conselho dos Dez, para sugerir a criação dos Colossais.

181 D.R.
A Aliança de Ferro começa a construção de fábricas secretas de Colossais.

185 D.R.
Os khards secretamente começam a construção de Colossais.

188 D.R.
Os orgoth destroem as fábricas khárdicas de Colossais.

191 D.R.
O primeiro Colossal emerge de uma fábrica secreta em Caspia.

198 D.R.
A Aliança de Ferro realiza um ataque em várias frentes contra os orgoth, e começa a libertar grandes territórios. Os orgoth iniciam o Flagelo.

201 D.R.
Os últimos orgoth deixam Immoren ocidental.

Era dos Reinos de Ferro

202 D.R.
O Conselho dos Dez ratifi ca os Tratados de Corvis e defi ne os modernos Reinos de Ferro.

211 D.R.
Fundação do Sindicato dos Trabalhadores do Vapor & Ferro, em Caspia.

c. 220 D.R.
Cygnar e Ord começam a construir barcos fluviais a vapor.

233 D.R.
A Ordem de Iluminação é fundada em Caspia, pelo Vigilante Magnus Severin Copernicum.

241 D.R.
Magnus Bastion Rathleagh cria o primeiro gigante-a-vapor, com o auxílio do Sindicato dos Trabalhadores do Vapor & Ferro.

242 D.R.
As revoltas trollóides para reconquista de terras perdidas levam à Primeira Guerra Trollóide em Ord e Cygnar. Larkholm é pilhada e queimada até o chão por saqueadores cryxianos.

243 D.R.
Formação da Irmandade dos Lordes Cinzentos em Korsk.

247 D.R.
A Primeira Guerra Trollóide termina, quando os trollóides são derrotados e voltam a suas tocas.

250 D.R.
Khador invade Ord e Llael, dando início à Guerra dos Colossais.

257 D.R.
Khador é derrotado por uma coalizão de Ord, Llael e Cygnar.
avatar
(GM) PJ.Disouza

Mensagens : 132
Data de inscrição : 03/06/2009
Idade : 31
Localização : Teresópolis ( Khador )

Ver perfil do usuário http://noburacodamaldade.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Linha de Tempo dos Reinos de Ferro

Mensagem por (GM) PJ.Disouza em Sab Set 26, 2009 1:52 am

262 D.R.
A Segunda Guerra Trollóide começa, em Cygnar.

267 D.R.
A Segunda Guerra Trollóide termina, com o Rei Woldred, o Diligente, viajando até os Brejos de Hadriel para negociar a paz. Os primeiros gigantes de-guerra são construídos, em Caspia.

277 D.R.
Larkholm é reconstruída, e rebatizada de Nova Larkholm.

283 D.R.
Cyriss é descoberta pelo Adepto Adolphus Aghamore, um astrônomo da
Ordem Fraternal. Logo depois, o Culto de Cyriss é fundado.

286 D.R.
A Guarda Colossal é formalmente dissolvida. O Rei Woldred, o Diligente,
escreve a primeira versão do Pacto do Acordo.

290 D.R.
O Rei Malagant, o Amargo, começa a perseguir o clero menita em Cygnar, e
enforca mais de 200 sacerdotes.

293 D.R.
O Rei Malagant, o Amargo, institui a Igreja de Morrow como a religião oficial de Cygnar. Khador inicia uma guerra de fronteira com Cygnar. Khador recruta Tharn.

294 D.R.
O Instituto Khadorano de Engenharia é fundado, em Korsk.

295 D.R.
A Companhia Eterna é destruída numa emboscada de bárbaros tharn,
numa data que fi cou conhecida como o Dia da Legião das Almas Perdidas,
ou o Dia Perdido. A Rainha Cheriza Vanar desaparece e nunca mais é
vista. O Rei Malagant, o Amargo, morre pouco depois.

304 D.R.
Termina a construção do Palácio Stasikov.

305 D.R.
Forças khadoranas e seus aliados bárbaros são destruídas durante o Cerco de Forte do Meio. O Asc. Markus ascende, após ser morto durante o Cerco.

313 D.R.
As Guerras de Fronteira terminam oficialmente. Ord cede Porto Vladovar a Khador. Khador cede Laedry a Llael. Cygnar e Llael tornam-se oficialmente aliados.

326 D.R.
A fortaleza de Guarda Norte é completada.

350 D.R.
Primeiro avistamento registrado do Gigante-da-Morte.

356 D.R.
O Padre Ghil Lucant, um sacerdote de Cyriss, descobre um planeta, que é
batizado em sua homenagem.

390 D.R.
O dragão Everblight destrói Issyrah, e é morto por um exército élfico. O
corpo de Everblight, segundo relatos, é enterrado no Topo do Mundo.

393 D.R.
A Assembléia dos Mekânicos Khadoranos é fundada.

464 D.R.
Khador invade Ord, depois de longas disputas a respeito de pirataria.

468 D.R.
A paz é declarada entre Khador e Ord, depois de uma intervenção cygnarana.

475 D.R.
O Visgodo Sulon declara-se Hierarca, e organiza uma peregrinação. Milhares de menitas viajam até Caspia.

478 D.R.
Término da construção da Linha Férrea Korsk-Skirov.

482 D.R.
A Guerra Civil Cygnarana começa em Caspia, entre fiéis menitas e morrowanos.

483 D.R.
Começa a Guerra das Moedas, entre Khador e Llael.

484 D.R.
A Guerra Civil Cygnarana termina, com a morte do Hierarca Sulon. O
Protetorado de Menoth é estabelecido. Sul é ofi cialmente fundada. A Guerra das Moedas também termina.

Era Moderna

504 D.R.
Tribos idrianas submetem-se ao domínio do Protetorado. O
Protetorado e Llael começam um conflito pelas terras ricas em minerais no norte das Planícies. Llael se rende após escaramuças menores.

510 D.R.
O Reu Ruslan Vygor, de Khador, ataca Cygnar, começando a Guerra da
Floresta dos Espinhos.

511 D.R.
A Guerra da Floresta dos Espinhos termina depois da Batalha da Língua,
na qual uma força cygnarana em desvantagem numérica derrota o
exército khadorano. O Rei Ruslan Vygor é morto em batalha.

546 D.R. A servidão é abolida em Khador.

551 D.R.
Kayaz Simonyev Blaustavya funda aTransportes & Ferrovias Blasutavya.

566 D.R.
O Gigante-da-Morte é avistado em Korsk e Skirov.

576 D.R.
Morre o Rei Vinter Raelthorne III. Vinter Raelthorne IV é coroado rei
de Cygnar, e começa a eliminar seus inimigos políticos.

579 D.R.
O Rei Vinter Raelthorne IV cria a Inquisição.

581 D.R.
Ios abruptamente fecha suas fronteiras
a estrangeiros.

582 D.R.
Arius torna-se o Primarca da Igreja de Morrow. Vahn Oberen assume o
controle da Inquisição. O Comandante Adepto Sebastian Nemo inventa o
gládio tempestuoso.

583 D.R.
O Rei Vinter Raelthorne IV assina o “Édito contra feitiçaria e bruxaria ilegal”, banindo a feitiçaria.

584 D.R.
Começam as invasões Scharde. Os primeiros feiticeiros são julgados
publicamente em Corvis. Dois homens e cinco mulheres são enforcados na
Floresta do Viúvo; mais de 250 pessoas são executadas por “feitiçaria ilegal” em Cygnar e Llael.

587 D.R.
Ayn Vanar XI é coroada rainha de Khador. Orsus Zoktavir comete o Massacre do Portão do Javali.

588 D.R.
Terminam as invasões Scharde. Garrik Voyle torna-se Hierarca do Protetorado de Menoth.

593 D.R.
Começa o infame Julgamento das Bruxas de Corvis. Cinco mulheres são
decapitadas.

594 D.R.
Leto Raelthorne tem sucesso em um golpe contra o Rei Raelthorne IV. Leto
é coroado rei de Cygnar.

595 D.R.
O Rei Rynnard di la Martyn, de Llael, morre sem deixar um herdeiro,
desencadeando longos debates. O Primeiro Ministro Lorde Deyar Glabryn
IX é apontado pelo Conselho dos Nobres para governar Llael.

596 D.R.
D. H. Wexborne, capitão do navio mercariano Corta-Mar, é o primeiro
marinheiro immorês a voltar de Zu.

601 D.R.
O Gigante-da-Morte chacina a companhia mercenária Punho
Vermelho, na fronteira entre Cygnar e Khador.

602 D.R.
O Protetorado de Menoth constrói fábricas secretas para produzir gigantesde- guerra. O Gigante-da-Morte ataca os portões principais de Forte Faulk.

603 D.R.
Vinter Raelthorne IV invade Corvis com seus aliados skorne. A Precursora
de Menoth é descoberta e levada a Imer, para conhecer o Hierarca Garrik Voyle.

604 D.R.
Khador inicia uma invasão em larga escala a Llael. Cygnar declara guerra a
Khador em resposta.

605 D.R.
Época atual. Khador derrota o exército llaelês e expulsa Cygnar de Llael,
depois da queda de Merywyn. Dois Rios é queimada até o chão. A Ordem
do Crisol Dourado rende Leryn às forças khadoranas, sem luta. O Crisol
Dourado concorda em produzir pólvora explosiva apenas para o
exército de Khador. A Precursora de Menoth conclama todos os menitas
para se mudarem para o Protetorado. O Hierarca Garrik Voyle ordena uma
Cruzada para retomar Immoren ocidental. O Protetorado tenta atacar
as muralhas de Caspia. Cygnar contraataca Sul. As forças do Protetorado,
lideradas por Feora, a Sacerdotisa da Chama, queimam a vila llaelesa de
Myrr. Saqueadores cryxianos atacam o coração de Cygnar, envenenado as
colheitas e queimando silos de grãos, até Mercado Bain.

*Na trama do jogo esses eventos ainda nao ocorreram, os jogadores estao participando da guerra entre cygnar e protetorado,,, muita coisa pode nao acontecer e ser modificada.

_________________


" A Mekâmica é algo que flui em minhas veias como a magia "
avatar
(GM) PJ.Disouza

Mensagens : 132
Data de inscrição : 03/06/2009
Idade : 31
Localização : Teresópolis ( Khador )

Ver perfil do usuário http://noburacodamaldade.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum