As divindades de Caem

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

As divindades de Caem

Mensagem por (GM) PJ.Disouza em Sex Jun 05, 2009 1:47 pm

A seguir está a descrição dos deuses dos Reinos de Ferro, além
das estatísticas de jogo (arma predileta e domínios concedidos)
que são necessárias para se montar um clérigo nos Reinos de
Ferro.



– Morrow e Thamar -



Os humanos nos Reinos de Ferro têm dois deuses patronos
principais. O profeta Morrow (Neutro e Bom) é o senhor do
bem e da luz, e é cultuado pela maior parte dos humanos. Sua
irmã gêmea Thamar (Neutra e Má) é a protetora dos egoístas e
malignos. Ambos começaram suas vidas como humanos
comuns, milênios atrás, mas passaram a crer que qualquer
pessoa poderia melhorar sua vida quase infinitamente. Após
um caminho longo e árduo, eles ascenderam à divindade e à
iluminação, sacrificando seus corpos físicos para que
pudessem caminhar pela terra em espírito, fornecendo direção
para aqueles que precisassem. A jornada dos gêmeos está
registrada no extenso Enkheiridion da Ascensão, o principal
texto religioso dos Reinos de Ferro
Infelizmente, os irmãos lutaram perto do fim de sua
jornada, e seus caminhos se separaram. Morrow escolheu o
caminho do desprendimento, decidindo guiar e proteger os
humanos em sua jornada pela vida, gentilmente empurrando-os
no caminho da virtude e do auto-aperfeiçoamento que ele
descobrira. Thamar escolheu guiar os homens de uma forma
diferente. Ela é a que sussurra nas sombras, sempre
encorajando as pessoas para que tomem o caminho rápido e
fácil, para potencializar seus ganhos mundanos a curto prazo e
prazeres, independente das conseqüências.
Diz-se que cada humano em algum ponto tem que fazer uma
escolha entre os dois caminhos - que Morrow e Thamar algum
dia visitam todos e os testam em segredo. "A Decisão", como a
provação é chamada, toma a forma de um dilema moral,
normalmente no início da vida. Poucas pessoas podem
localizar com exatidão o momento de sua Decisão, pois os
deuses são sutis e inteligentes, nunca se mostrando de forma
direta. Os raros indivíduos que podem ver com clareza o teste e
os deuses à sua frente são abençoados, e quase sempre se
tornam clérigos ou paladinos.
Os clérigos de Morrow e Thamar podem ser de qualquer
tendência Boa ou Má, respectivamente. Eles tentam emular as
vidas de seus patronos, muitas vezes viajando em suas pegadas
e tentando as mesmas provações pelas quais os gêmeos
passaram há tanto tempo. Aqueles que têm sucesso se tornam
seres santificados que ascendem para tomar seu lugar ao lado
de Morrow ou Thamar. Estes ascendidos (Bons) ou proles
(Maus) são muito raros; apenas duas dezenas de pessoas já
ascenderam para o lado de cada deus. Cada ascendido é uma
entidade poderosa por si só, com sua própria filosofia e esfera
de influência.
Enquanto a Igreja de Morrow tem uma estrutura muito formal
e uma história rica, o culto a Thamar é solitário. Raramente vêse
até mesmo um altar em seu nome, e seus clérigos são
secretos. Contudo, quase todos os humanos nos Reinos de
Ferro crêem fortemente nos ensinamentos centrais dos dois
gêmeos - você cria o seu próprio destino, e a sua fortuna na
vida não está decidida desde o nascimento.

Os Domínios de Morrow: Bem, Conhecimento, Cura, Força,
Guerra, Proteção, Viagem.

Os Domínios de Thamar: Destruição, Enganação, Guerra,
Magia, Mal, Morte, Sorte.

Ascendidos de Morrow e a Prole de Thamar

A seguir estão listados os mais poderosos servos divinos de
Morrow, que servem como patronos para aqueles que veneram
o deus. Ter um ascendido como patrono é comum tanto para
clérigos quanto para leigos crentes.
Ascendidos de Morrow

Nome Patrono de... Domínio

Asc. Angellia: História, Cultura, Conhecimento, Heraldica


Asc. Corben: Alquimia, Astronomia, Magia Magia


Asc. Doleth: Marinheiros, Pescadores, Água


Asc. Ellena: Viajantes, Aventureiros Viagem


Asc. Gardenn Fazendeiros, Família, Plantas



Asc. Katrena Valor, Cavalaria, Paladinos Bem


Asc. Markus Soldados, Guardas da Cidade Guerra



Asc. Rowan Campeã dos Pobres e Desafortunados Proteção


Asc. Sambert Artifices, Construtores, Carpinteiros Força


Asc. Shevan Mercadores, Banqueiros Sorte


Asc. Solovin Curandeiros, Médicos de Campo, Parteiras Cura



Proles de Thamar
A seguir estão listados todas as proles que atualmente são
os mais poderosos servos divinos de Thamar, e servem como
patronos para aqueles que veneram a deusa. Ter uma prole
como patrono é comum tanto para clérigos malignos quanto
para criminosos supersticiosos.

Nome Patrono de... Domínio
Pr. Aidan Ladrões de Túmulos, Caçadores de Tesouros Terra
Pr. Bolis Jogadores, Mercadores Malignos Sorte
Pr. Delesle Necromancia, Morte Morte
Pr. Drayce Ladrões, Líderes Corruptos Enganação
Pr. Ekris Diabolistas, Adivinhos, Tiranos Plantas
Pr. Khorva Assassinos, Matadores de Aluguel, Capangas Destruição
Pr. Lukas Loucos, Estupradores, Depravados Mal
Pr. Nivara Magos, Feiticeiros Magia
Pr. Roth Soldados, Mercenários, Bandidos Guerra
Pr. Stacia Incendiários, Campeã da Magia Feminina Fogo

Arma Predileta de Morrow: maça pesada ou espada longa.
Arma Predileta de Thamar: maça-estrela ou adaga.


Última edição por (GM) PJ.Disouza em Sex Dez 04, 2009 2:44 pm, editado 1 vez(es)

_________________


" A Mekâmica é algo que flui em minhas veias como a magia "
avatar
(GM) PJ.Disouza

Mensagens : 132
Data de inscrição : 03/06/2009
Idade : 31
Localização : Teresópolis ( Khador )

Ver perfil do usuário http://noburacodamaldade.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As divindades de Caem

Mensagem por (GM) PJ.Disouza em Seg Nov 30, 2009 2:13 am

Panteão Anão:

*Descrito em geografia/ reino anão Rhul.

_________________


" A Mekâmica é algo que flui em minhas veias como a magia "
avatar
(GM) PJ.Disouza

Mensagens : 132
Data de inscrição : 03/06/2009
Idade : 31
Localização : Teresópolis ( Khador )

Ver perfil do usuário http://noburacodamaldade.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As divindades de Caem

Mensagem por (GM) PJ.Disouza em Seg Nov 30, 2009 2:34 am

Menoth, O Antigo Patrono da Humanidade


*Menoth em furia contra os infieis de sua crença


O culto a Menoth (Leal e Neutro) é ancestral, antecedendo a Igreja de Morrow por milênios. Menoth é um deus rigoroso e vingativo, a quem os humanos (mesmo os que seguem os Gêmeos) creditam a criação do mundo e da humanidade. É inquestionável que Menoth exista, pois seus clérigos foram outrora a poderosa classe dominante da terra. Infelizmente para Menoth, a mensagem mais animadora e tolerante de Morrow se firmou com o povo, e hoje o culto a Menoth é uma fé minoritária em todos os lugares exceto o Protetorado. Fora do Protetorado, a minoria mais numerosa a servir Menoth se encontra entre a "Velha Fé" de Khador, onde muitos cidadãos se agarram com tenacidade ao culto a seu criador ancestral.

Menoth normalmente é representado como um gigante mascarado, enorme em comparação a seus fiéis apavorados. Ele exige aderência a um estrito código de conduta - parte do qual é fornecer constantes tributos a Menoth e seus clérigos. A noção de que um homem possa "ascender", tão fundamental no culto a Morrow e Thamar, é uma blasfêmia na igreja de Menoth. Para Menoth, o lugar do homem é servindo seu criador, e sua recompensa é passar em silêncio rumo ao esquecimento.


Domínios dos Clérigos de Menoth:

Os clérigos de Menoth têm acesso aos domínios do
Conhecimento, Força, Guerra e Lei. Alguns clérigos malignos de alto nível se tornam Investigadores, os temidos policiais e legisladores do templo. Investigadores poderosos podem ganhar acesso aos domínios da Destruição e Mal.


Arma Predileta de Menoth: Mangual.

_________________


" A Mekâmica é algo que flui em minhas veias como a magia "
avatar
(GM) PJ.Disouza

Mensagens : 132
Data de inscrição : 03/06/2009
Idade : 31
Localização : Teresópolis ( Khador )

Ver perfil do usuário http://noburacodamaldade.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As divindades de Caem

Mensagem por (GM) PJ.Disouza em Seg Nov 30, 2009 2:53 am

Cyriss, A Donzela das Engrenagens



Cyriss, a Donzela das Engrenagens, Senhora dos Números, também conhecida como a Deusa Mecânica, é uma adição bastante recente ao panteão da terra. Seu culto se tornou conhecido há apenas alguns séculos, mais ou menos na época em que os humanos e os anões começaram a construir máquinas complicadas e se embrenhar em novos tipos de matemática e filosofia. Cyriss é uma deusa Neutra, em grande parte desinteressada com o destino dos indivíduos. A maior parte de seus esforços é gasta escrevendo e supervisionando as leis naturais que governam o reino da ciência e engenharia, embora ela atue diretamente ou através de seus seguidores quando algo ameaça a ordem natural das coisas. Ela aparece como uma humanóide, mas não é uma deusa humana; seus fiéis são em grande parte humanos, mas também incluem um número de anões e até mesmo alguns gobbers e membros de outras raças inclinados à engenharia. Entender a mente de Cyriss e a verdadeira natureza do multiverso é um processo de revelação divina para seus seguidores. Por esta razão, os engenheiros e escolásticos muitas vezes prestam seus respeitos a Cyriss, mas verdadeiros fanáticos e clérigos são difíceis de ser encontrados, com a cultura dos humanos e anões tão dominada por suas religiões tradicionais. Contudo, com a difusão da ciência e mekânica pela terra, Cyriss pode logo começar a aumentar o tamanho de seu rebanho.

Muitos dos seguidores mais devotos de Cyriss acreditam que as máquinas são sagradas, e aqueles que as constróem são a casta superior da sociedade. Alguns até mesmo acreditam que na matemática pode ser encontrado algum método superior de gerenciamento dos assuntos mundiais - um lugar para todos, e todos em seu lugar, com algum tipo de máquina calculadora divina supervisionando tudo com precisão fria. Os seguidores malignos de Cyriss estão tomando providências para construir uma máquina deste tipo, mas, felizmente, eles são poucos, e acredita-se que estejam longe de seu objetivo.

Domínios dos Clérigos de Cyriss:

Os domínios disponíveis para os clérigos de Cyriss (que são extremamente raros) são: Conhecimento, Proteção e Viagem.


Arma Predileta de Cyriss: Mecano-Mangual Leve.

_________________


" A Mekâmica é algo que flui em minhas veias como a magia "
avatar
(GM) PJ.Disouza

Mensagens : 132
Data de inscrição : 03/06/2009
Idade : 31
Localização : Teresópolis ( Khador )

Ver perfil do usuário http://noburacodamaldade.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As divindades de Caem

Mensagem por (GM) PJ.Disouza em Seg Nov 30, 2009 3:11 am

A Serpente Devoradora



Embora muitas vezes referida como um monstro lendário ao invés de um deus, o Devorador é o inimigo ancestral de Menoth, flagelo do criador da humanidade. Também conhecido como a Fera de Muitas Formas, Senhor dos Predadores, e Aquele que Nunca Dorme, o Devorador é uma força ancestral de caos natural que odeia tudo o que é civilizado. Quando Menoth era a religião dominante, o Devorador era considerado o grande adversário, embora seu papel como inimigo da humanidade tenha sido reduzido desde a ascensão dos Gêmeos. A despeito de sua reputação, o Devorador sempre atraiu seguidores entre muitas raças, particularmente aquelas que vivem nas regiões selvagens ou de tendência caótica. Muitos bárbaros humanos, gobbers, trollóides e ogruns cultuam o Devorador, e afirmam que este deus é o poder mais ancestral da aurora do mundo.

Desde a quase extinção das tribos bárbaras humanas, não há mais nenhum território grande nas mãos dos seguidores do Devorador. Os maiores bolsões são encontrados nas montanhas de Khador, nos Pântanos da Pedra Sangrenta e nas Ilhas Scharde. Pequenos cultos ao Devorador podem ser encontrados através dos Reinos de Ferro, normalmente em locais remotos ou em túneis secretos sob cidades e vilas. Druidas humanos acreditam que seu poder vem do Devorador, mas não cultuam esta entidade verdadeiramente.


Domínios dos Clérigos do Devorador:
O Devorador é um deus Caótico e Neutro, e seus clérigos podem ser de qualquer tendência caótica, e de qualquer raça. Os domínios disponíveis para eles são: Animal, Caos, Destruição e Força.

Arma Predileta do Devorador: Machado de Batalha.

_________________


" A Mekâmica é algo que flui em minhas veias como a magia "
avatar
(GM) PJ.Disouza

Mensagens : 132
Data de inscrição : 03/06/2009
Idade : 31
Localização : Teresópolis ( Khador )

Ver perfil do usuário http://noburacodamaldade.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As divindades de Caem

Mensagem por (GM) PJ.Disouza em Qui Dez 03, 2009 11:58 am

A Corte Divina Élfica

A seguir estão os nomes de todos os oito deuses élficos. Apenas Scyrah sabe o que aconteceu aos outros, e recusou-se a responder a todas as perguntas sobre o assunto. Presume-se que todos estejam mortos ou incapacitados, embora os Nyss (elfos do inverno) tenham mantido em segredo o destino do deus do inverno, Nyssor.

Nome Influência:


Lacyr Narcissar das Eras, antiga governante dos deuses
Ossyris Incissar das Horas
Ayisla Nis-Arsyr da Noite
Nyrro Arsyr do Dia
Scyrah Antiga Nis-Issyr da Primavera, agora Narcissar Regente
Lurynsar Issyr do Verão
Lyliss Nis-Scyir do Outono
Nyssor Scyir do Inverno


Domínios dos Clérigos de Nyssor: Entre os Nyss, os elfos do inverno como são comumente chamados, Nyssor é cultuado como patrono ao invés de Scyrah.

Nyssor é um deus Caótico e Neutro. Clérigos do Templo de Nyssor têm acesso aos domínios da Água, Ar, Caos e
Conhecimento.

Arma Predileta de Nyssor: Claymore (espada larga).

A maioria dos nossos contentam-se em acovardar-se em Shyrr, esperando pelo fim... os tolos ficarão lá orando em vão até que Scyrah morra, e nossa raça se vá com ela. Aqueles entre vocês que não se contentam em passar em silêncio rumo ao esquecimento venham comigo e ajam.

- Deyral de Iryss, Retribuição de Scyrah

Os elfos, outrora a raça dominante do mundo, os construtores da primeira civilização, estão agora escondendo um terrível segredo. Nas profundezas da terra élfica de Ios, seis grandes cidades cobertas de jóias jazem em ruínas e decadência.

Apenas duas de suas cidades originais permanecem: Iryss e a capital ancestral, Shyrr. Enclausurada sob a capital, abaixo de seu Templo
mais sagrado, descansa a forma exausta da deusa da Primavera... e ela está morrendo. Scyrah, que ajudou a dar à luz a raça élfica, adorada e última dos patronos élficos, não tem mais de um século restante de vida.

Mesmo os homens sagrados sabem disto com certeza, e acreditam que nada pode impedir este destino. Todos os seus outros deuses, ao redor dos quais eles construíram suas magníficas cidades, desvaneceram-se, para nunca mais retornar.

A causa do desaparecimento dos deuses milênios atrás é misteriosa, mas seus efeitos têm sido profundos. A outrora orgulhosa e poderosa raça se retraiu. As terras de Ios, que já foram lendárias por sua beleza, agora são sombrias e moribundas. Os elfos se tornaram uma raça de órfãos, à deriva
no medo e incerteza. Seus números estão diminuindo, e quando a última deusa Scyrah finalmente falecer, mais nenhuma criança élfica nascerá. É o crepúsculo dos elfos, e não há mais alívio à vista.

Os clérigos de Scyrah têm um dilema arrasador à sua frente. A cada vez que canalizam o poder de sua protetora, tomam um pouco de sua força e aceleram sua morte - e a morte de sua raça inteira.
Ao mesmo tempo, é seu dever como homens santos ajudar os necessitados, e eles sabem que a sociedade élfica deve estar forte e crente para que Scyrah tenha qualquer chance de sobrevivência.

Eles agonizam sobre cada magia conjurada, tentando avaliar onde está o bem maior. O clericato nos últimos dois séculos fragmentou-se em três seitas distintas, um reflexo do desespero do povo élfico.

O tradicional Templo de Scyrah toma conta de sua deusa em seus últimos dias, e encoraja os elfos a permanecerem isolados e não dividirem seus segredos.

A radical e militante Retribuição de Scyrah acredita que o desaparecimento dos deuses e a doença de Scyrah são resultado de um ataque contra
eles, e deseja revidar contra os que acreditam serem seus inimigos.

Mais esperançosa é a algo ingênua seita dos Observadores, que pensa que nem tudo está perdido, e uma solução para seu dilema os espera se procurarem o suficiente por ela, talvez com ajuda de outras raças.


Domínios dos Clérigos de Scyrah: Scyrah é uma deusa Caótica e Boa. Cada uma das seitas maiores retrata Scyrah de maneira levemente diferente, e escolhe de domínios diferentes.

Os Domínios do Templo de Scyrah: Animal, Cura, Planta, Proteção e Terra.
Os Domínios da Retribuição de Scyrah: Caos, Cura e Guerra.
Os Domínios dos Observadores: Bem, Conhecimento e Proteção.

Arma Predileta de Scyrah: Espada Longa.

_________________


" A Mekâmica é algo que flui em minhas veias como a magia "
avatar
(GM) PJ.Disouza

Mensagens : 132
Data de inscrição : 03/06/2009
Idade : 31
Localização : Teresópolis ( Khador )

Ver perfil do usuário http://noburacodamaldade.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As divindades de Caem

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum